Sutiã versus adolescentes



17 de novembro de 2017
por: All Lingerie

Você já pensou na relação entre a lingerie e a adolescente? Esta fase muito importante na vida de uma menina também marca o início de uma série de mudanças, inclusive o primeiro sutiã.

Lembra daquele comercial antigo da Valisère? Quanto ficou marcado em nossas mentes. Hoje em dia esse romantismo todo ficou um pouco de lado para dar lugar à sensualidade das garotas que se desenvolvem e começam sua vida sexual cada vez mais cedo. Porém, com certeza, o primeiro sutiã a gente nunca esquece. “Eu comecei a usar sutiã com nove anos porque todo mundo usava, mesmo não tendo peito”, afirma Rafaela Verdade.

Em um segmento – o teen – que cresce a cada ano, as empresas de lingerie devem ficar atentas ao que essa moçada quer, gosta e deseja, apostando principalmente na praticidade e no design. Várias marcas trabalham com estampas lúdicas, de bichinhos, cupcakes, doces, caveiras e tons que seguem as tendências da moda como o flúor. Mas será que as adolescentes realmente usam esses modelos?

Segundo Julia Pacheco, de 18 anos, esses desenhos são dispensáveis em seu guarda-roupa. “Os sutiãs com estampas de bichinhos são extremante desnecessários – mesmo quando eu tinha uns 14 anos e ninguém (namorado) iria ver o sutiã. Já para as meninas da minha idade, acho meio ridículo. Ou seja, não tem uma faixa etária consumidora para este tipo de sutiã. Prefiro os modelos lisos, cor de pele, preto ou branco”, afirma. Já Rafaela Verdade acha as estampas fofas, mas também prefere o bege e branco. “Eu uso sutiãs lisos porque não marcam na roupa”, comenta.

Outro detalhe importante nesta faixa etária é que as meninas estão cada vez mais altas e consequentemente com mais busto. Contudo, sempre há um truque para deixar os seios maiores e mais bonitos. “Eu uso o modelo nadador, mas só com bojo”, diz Rafaela. O truque de Julia é mesclar o sutiã com um top. “Uso um sutiã com bojo e um top por cima. Não vivo sem os dois”, finaliza. Tudo para dar um “up” no visual.

Vanessa de Castro

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *