Dossiê lingerie modeladora: a peça ideal para cada tipo de corpo e roupa



12 de abril de 2018
por: Marcela Leone

Saiba como escolher o modelo ideal de lingerie modeladora para exterminar as gordurinhas sob todo e qualquer look

modeladora1

Peça indispensável para dar aquela enxugada instantânea nas inevitáveis gordurinhas extra que cismam em aparecer sob looks mais justos, a lingerie modeladora pode ser encontrada nos mais diferentes shapes e tamanhos, caso da cinta para malhar, amplitude de oferta que costuma confundir as mulheres na hora de decidir a peça ideal para cada necessidade e ocasião.

“Nunca use um tamanho menor do que o seu porque, além de prejudicar seu corpo, o efeito visual não vai ser bonito. Normalmente estas peças já são construídas com estrutura bastante ‘power‘, e usar uma peça menor vai acentuar ainda mais aquelas dobrinhas indesejáveis”, explica Gaíta Mello, gerente de produto da Hope, que te ajuda a seguir a resolver esse problema de uma vez por todas.

Body de alças
“Modela a área do estômago e abdômen, deixando todas as dobrinhas no lugar. Para as mulheres que têm mais busto, o ideal são os bodies com tecido duplo na área dos seios, para maior sustentação. Já as mulheres que são mais cheinhas nas áreas do estômago e abdômen mas têm pouco busto, podem optar pelos bodies com bojos de espuma, que pode ser usados no dia a dia a dia com vestidos, calças ou mesmo saia e blusa”.

Body longo
“Além de modelar a área do estômago e abdômen, deixa as coxas torneadas e evita o atrito entre as pernas. É ideal também para quem precisa modelar os culotes e quadril. Perfeito para ser usado com vestidos ou saia e blusa. Quando usado com calças, se ela for muito justa, costuma marcar”.

modeladora2

Calcinha alta
“Para quem quer modelar o estômago e abdômen e tem quadril estreito, este modelo é ideal. É uma das peças mais usadas com vestidos de festa porque disfarça as dobrinhas laterais e coloca a barriga no lugar. Pode ser usada também no dia a dia, deixando o visual mais esguio”.

Calcinha
“Modela principalmente o abdômen e o quadril. É ideal para a mulher que está com o abdômen mais saliente ou um pouco flácido. Para as mulheres que acabaram de ter bebê, esta calcinha também é uma ótima solução, já que ajuda a segurar a barriga. Pode ser usado no dia a dia com vestidos, calças ou mesmo saias”.

Bermuda 
“Prática e confortável, modela coxas, quadril e culotes, além de colocar a barriga no lugar. Muito usada no dia a dia, especialmente com vestidos e saias, diminui o atrito entre as pernas e nos dias quentes é indispensável, uma vez que transpiramos mais e o atrito entre as pernas pode até criar pequenas lesões na área interna das coxas. O bacana é que esta peça pode ser encontrada em diferentes comprimentos no mercado. Pode ser usada com vestidos, saias ou calças mais largas”.

Anágua 
“Procurada principalmente pelas executivas, esta peça modela o quadril, culotes e abdômen, deixando o corpo mais bonito e esguio. Pode ser usada com vestidos e saias, principalmente com o modelo lápis”.

Tops 
“São ideais para modelar o tronco, a área do estômago e abdômen. Podem ser encontrados com bojos de espuma ou mesmo com a área dos seios mais reforçada para maior sustentação. São práticos e podem ser usados até sob camisas, exercendo o papel de uma camada modeladora”.

Sutiãs
“São desenvolvidos com tecido duplo ou reforçado na área dos seios. Muito procurado para as mulheres que têm seios maiores e que buscam sustentar ou até mesmo reduzir o busto. Traz alças mais largas, reforçadas ou até mesmo acolchoadas, proporcionando maior conforto. Na maioria das vezes estes modelos não usam aros, já que o próprio tecido proporciona a sustentação”.

Fonte: Vogue | Fotos: reprodução 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *