Dicas de vitrinismo para o segmento de lingerie



2 de outubro de 2017
por: All Lingerie

Selfridges London launches the Body Studio, the largest bodywear destination in the world, dedicated to women selling everything from underwear and swimwear to sportswear and athleisure. The Body Studio which is 37,000 square feet, was created around a concept of fitness and wellness. A new window display featuring mannequins exercising was unveiled to celebrate the launch of the new space. For more information contact Bruno Barba 07525197474 or bruno.barba@selfridges.com or Jillian MacPherson on 07703888973 or jillian.macpherson@selfridges.com PHOTO MATT WRITTLE © copyright Matt Writtle 2016.

Não basta só ter bons produtos, é preciso também vendê-los. Para isso, a marca necessita ter uma boa estrutura de branding e investir em um item importantíssimo: a vitrine. “Para compor uma vitrine bacana é importante construir um bom cenário, a fim de chamar a atenção de pessoas de diferentes estilos e idades”, ressaltou a vitrinista Juliana Leonini.

vitrine-lingerie4

É a partir desse display que tanto consumidores quanto transeuntes (e clientes em potencial, claro) tem o primeiro contato com sua coleção, entendendo um pouco não apenas do produto em si, mas da marca como um todo.

Quando o assunto é lingerie, a mesma criatividade e desempenho são necessários para desenvolver essas ambientações, que devem, acima de tudo, chamarem a atenção para as peças. “Como a lingerie é uma coisa muito especial e delicada, temos que tomar cuidado para não poluir o visual”, alertou Juliana.

vitrine-lingerie5

Ela constantemente elabora displays do segmento de lingerie, entre as dicas da profissional, está trabalhar com as cores de acordo com a faixa etária do público – “para atrair as mais jovens, use cores mais vibrantes, como os tons de neon. Já se quer chamar atenção de um público mais maduro, aposte em tons mais clássicos”, destacou.

vitrine-lingerie3

Na hora de expor os produtos não precisa ficar só no bom e velho manequim. Use artifícios como cabides, bancadas, apoios de acrílico e blocos de madeira, além de objetos como flores e diferentes tecidos.

Fotos: reprodução 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *