Como escolher o modelo de sutiã mais adequado para cada finalidade



4 de maio de 2017
por: Marcela Leone
Elegance | Divulgação

Elegance | Divulgação

Nem sempre aquela peça da vitrine fica tão confortável quanto você esperava, e isso ocorre desde a calça jeans até a lingerie. O mais importante na hora de escolher as roupas íntimas, principalmente o sutiã, é conhecer o próprio corpo. Entre tantos modelos, cortes e desenhos, sutiãs escolhidos de forma errada podem se transformar em pequenos incômodos – com os quais precisaremos lidar durante boa parte do dia.

Para acertar na hora da compra, conheça alguns dos modelos de sutiã mais comuns e suas características.

CLÁSSICO

sutia2

Um dos estilos mais usados no mundo, o clássico pode ter bojos do tipo lisos ou bolhas. O primeiro oferece sustentação, conforto, segurança e modela os seios sem alterar sua anatomia. Já o tipo bolha” aumenta e une os seios de maneira confortável.

PUSH UP

sutia3

O bojo em lua proporciona o efeito que aumenta o volume, levanta, aproxima e dá forma aos seios. Indicado para quem tem seios separados ou de tamanhos pequenos e médios.

TOMARA-QUE-CAIA

sutia4

É prático para aqueles looks que valorizam os decotes e deixam os ombros à mostra. Desenhado para sustentar os seios sem o auxílio de alças, é bastante usado por quem tem seios pequenos. Alguns modelos têm alças removíveis.

NADADOR

sutia5

O corte diferenciado e anatômico nas costas distribui o peso dos seios. Esse o modelo mais indicado para quem precisa de liberdade para movimentar os ombros. Podem ter ainda fecho frontal. Funciona bem para quando você precisa esconder as alças do sutiã sob uma blusa estilo nadador.

STRAPPY

sutia6

Para fashionistas, traz tiras adicionais na parte superior dos bojos. Pode ser usado no dia a dia ou ainda na composição de combinações especiais. O “strappy” é feito para ser mostrado mesmo!

Fonte: Revista Donna | Fotos: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *