Agent Provocateur pede falência nos Estados Unidos



11 de maio de 2017
por: Marcela Leone

Nem tudo são flores no universo da lingerie de luxo. A Agent Provocateur, uma marca de origem inglesa, acaba de preencher o pedido de falência nos Estados Unidos. A ação aconteceu poucas semanas depois da venda da brand, que agora pertence ao bilionário Mike Ashley.

Subsidiários americanos,  a Agent Provocateur Inc. e a Agent Provocateur LLC solicitaram o Chapter 11 (ou Capítulo 11), uma forma de falência prevista no código dos Estados Unidos em que a empresa é reorganizada com supervisão de um tribunal e sob o controle de credores, mas mantendo-se em atividade.

A venda da empresa não garante nenhum direito aos subsidiários de todo o mundo. A Four Holdings (empresa de marketing e showroom de Ashley), entretanto, mostrou interesse em adquirir 12 lojas localizadas em cidades americanas.

O encerramento de atividades em muitas das lojas do EUA é eminente, de acordo com Amanda Brooks, diretora global da AP, ressaltando que existe uma das localizações sob ameaça de despejo.

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *