4 dicas para treinar seus vendedores para o fim de ano



22 de dezembro de 2017
por: Marcela Leone

Portrait of an attractive young woman picking out a dress from her wardrobe

Os feriados são as datas cruciais para o comércio mundo afora – principalmente nas indústrias da moda e da lingerie. Tem até quem contrate representante ou consultor de vendas, para tentar aumentar o lucro e impulsionar a marca durante o período.

No entanto, treinar bem os vendedores é uma coisa básica e que não pode passar batida. Já entrou em uma loja no fim de ano e não havia ninguém para te atender, ou para falar mais sobre os produtos e perguntar o que você estava procurando? Ou mesmo o contrário, daquele vendedor tão agressivo pra vender no Natal que até te afugenta da compra? Separamos quatro dicas que podem te ajudar a treinar melhor seus funcionários para o fim de ano e vender mais (e melhor). Confira:

1: O nome da marca não faz ela se vender “sozinha”. Um time bem treinado de vendedores pode vender mais ainda se ele entender bem as necessidades de cada consumidor e se “conectar” com eles – inclusive conseguindo que eles tenham vontade de voltar no futuro. Até no mundo virtual, alguém precisaria ser ensinado a manter a relação com os consumidores para representar sua marca caso algum problema aconteça, especialmente nas mídias sociais.

2: Treinar seus funcionários não resolve todos os seus problemas. É preciso mais do que vender para ter uma loja de sucesso. Conhecer o produto é essencial, o que caminha lado a lado com o treinamento de vendas. Se seu time não transmite confiança para o consumidor sobre o que estão vendendo, ele vai comprar em outro lugar. Uma boa gerência e um sistema de suporte eficaz são outras peças-chave para liderar, fortalecer e desenvolver a equipe, gerando uma forte organização interna.

3: Treinar uma vez não é o suficiente. Na verdade, treinar os funcionários da loja para vender é um processo em andamento, mais ou menos como se tivesse camadas. Sempre tem um jeito novo de fazer as coisas, novidades no mercado, e ninguém pode parar de aprender. Sempre há um jeito de ser ainda mais eficiente do que você é; Um dos maiores problemas de pequenos negócios é a inovação. O medo de sair da zona do conforto é tão grande que eles pensam “não, isso não funciona pra mim”, ao invés de imaginar algo do tipo “como eu faço isso funcionar pra mim?”, que é bem mais inteligente para sua loja. Aprender coisas novas e ver as situações de vários pontos diferentes são importantes.

4: Treinamentos são sempre a mesma coisa, independente do local, da cidade, do país? Não, de jeito nenhum. Se você vende, por exemplo, na região Nordeste e na região Sul, é provável que precise fazer ajustes específicos para deixar os consumidores mais felizes com sua experiência de compra. Tendências de compra e padrões de como o consumidor se comporta mudam de região para região, cidade para cidade. Assim como a cultura, o estilo de vida e as necessidades. Então você precisa adaptar a loja para quem está em volta – e não criar uma regra que tem que funcionar em qualquer lugar.

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *